Recomendações para a Cultura Orgânica de Feijão-de-Porco

2019-11-12T22:43:19+00:00

– Solo : efetuar análise prévia do solo para verificar nível de acidez bem como nutrientes; efetuar calagem quando pH inferior a 5,5; preparo com 1 a 2 passagens de trator com arado ou grade, dependendo das condições do solo.

– Adubação : a cultura de feijão-de-porco não é exigente em nutrientes; trata-se de leguminosa bastante rústica, fixadora biológica de nitrogênio com sistema radicular forte, motivo pelo qual tem sido usada com frequência para recuperação de solos degradados.

– Plantio : o plantio pode ser efetuado em linhas ou em covas, sendo utilizados cerca de 80 a 100 kg por hectare. Em linha, com espaçamento de 50 a 80 cm e  4 a 6 sementes por metro linear; em covas distanciadas de 40 cm, 2 sementes por cova. Em sistema de consórcio, o espaçamento será determinado em função da cultura principal.

– Controle de espontâneas: o feijão-de-porco demanda poucos tratos culturais. A cultura deverá ser mantida limpa de concorrência de plantas espontâneas, através de métodos mecânicos  (roçada ou capina com enxada ou cultivador).

– Controle de pragas e doenças: desde que efetuada rotação e mantida a cultura limpa, riscos maiores de pragas e doenças são limitados. Todavia, caso ocorram surtos ou ataques é importante entrar em contato com técnicos extensionistas para identificar a espécie e o método de controle natural adequado.

– Rotação de culturas: a despeito das qualidades de resistência e rusticidade dessa leguminosa, a técnica de rotação de culturas é de grande utilidade para controle de espontâneas, de pragas e doenças.

– Incorporação ou colheita: caso o objetivo seja o de melhorar as condições de solo e nutrientes, a sugestão mais recomendada é o corte e manutenção  na superfície sem incorporação, que retarda a decomposição e aumenta  o tempo de proteção/cobertura do solo. O momento ideal para corte, no que diz respeito à fixação biológica de nitrogênio, é a florada.

– Caso haja interesse no uso das sementes, essas devem ser previamente colhidas antes do corte da massa vegetal que protegerá o solo.

– Armazenamento : as sementes colhidas não requerem tratamento especial para armazenamento; recomendável apenas manutenção local arejado e protegido.

Deixar Um Comentário